O Problema com Tortas…

10 07 2008
Torta de maçã

Torta de maçã

Neste exato momento alguém está na casa de um amigo para jantar e a mãe desse amigo está servindo uma bela torta de frango com pedaços de bacon. No momento que a mãe atravesse a porta da sala rumo a mesa, apenas um pensamento ocorre na mente deste mesmo alguém:

“Droga, eu odeio torta!”.

Bom, tem alguns pontos que nós podemos observar nesse acontecimento. O que eu gostaria de focar agora é:

Por que odiar tortas?

Por que não odiar peixe? Por que não odiar azeitonas? Por que tinha que odiar justamente tortas, sendo que cedo ou tarde alguém viria oferecer isso? Embora se formos parar pra pensar, em algum momento ele iria se ver obrigado a comer azeitonas, peixe ou o que quer que odiasse (a mesmo que fosse uma coisa contrária ao senso comum, mas não vem ao caso).

Bom, ele talvez odeie tortas pelo fato de ter comido muitas delas em sua infância. Talvez a mãe dele tivesse uma tortaria. Talvez um dia ele tenha encontrado um cabelo na sua torta.

Mesmo assim, por que tortas?

Tortas são um bom exemplo de como uma pessoa pode ser.

Cada torta tem seu recheio específico, e se não foi você quem preparou, não tem como saber o que tem dentro. Você só descobre depois de comer pelo menos um pedaço, e aí sim pode dizer que gostou ou não gostou. Você pode tentar descobrir pelo cheiro também, mas as vezes o cheiro que se sente pode ser apenas o da massa da torta. Mas tem um porém em descobrir o cheiro da torta: por mais que se descubra qual é o recheio, você só sabe se gosta ou não gosta daquela torta se já tiver experimentado uma similar ou um pedaço da mesma. Na verdade esse negócio de experimentar é um lance do destino. Não deixa ninguém dizer: não quero porque eu não vou gostar. Chega a ser irônico.

No final, tortas são como pessoas. Você só gosta se experimentar o recheio, existem aquela incrementadas e aquelas apenas para o café da tarde. Existem doces, salgadas e talvez alguma que seja a mistura dos dois.

Na real, tortas são um bom jeito de enxergar a vida. A vida pode ser uma torta, todos tem a massa (começo e fim) e decidem o que usar de recheio. Pode-se até fazer uma torta de vento se quiser.

Algumas situações podem ser tortas também. Você só sabe se experimentar.

Bom, mas isso não resolve o problema do nosso amigo da história. Vai ver ele não gostaria de pessoas também.

Então fica a dica, ou aprenda a comer tortas, ou frite um ovo!


Ações

Information

3 responses

10 07 2008
Bruna

existem também as tortas feitas de pessoas, mas daí vc ia ter que dar outra mega explicação, chegando a falar de sweeney todd…

10 07 2008
Ueiri

I like pies ^^

hauhauhauha

15 07 2008
Lari

Viajar na maionese? Que nada! O negócio é viajar na torta…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: